Mensagens Selecionadas Autor
Solução de Problemas Comuns Mr. Walker
Captura: uma receita testada Mr. Walker
Play Tv HD - Problemas/Soluções Aldo Levi
Usando o hardware certo para uma experiência satisfatória em edição de vídeo. Mr. Walker
Destravando DVD Players Chutágoras
Drivers p/ Placas de Captura Fantasma que Anda
   
   
   
   
 

VÍDEO DIGITAL

Edição, codecs, conversão, placas de captura, autoração, gravação de CD e DVD.

var site="s16rouxinol"         

Forum search Web search            

Busca neste Forum e no 1974
-            


 

Tags: de video dvd digital gravacao edicao nao linear autoracao
15/01/2004 15:06
De: von Mühlen
IP: 200.182.133.194-unknown

Re: Muitas dúvidas

Philippe,
Comprei há dois meses uma AIW 9000 Pro com objetivo semelhante ao teu: passar passar para DVD minas fitas VHS, VHS-C e Hi8. Até o momento estou muito satisfeito com a qualidade do "produto final" e acredito que tu não vais te decepcionar com o sistema que estás pensando em comprar. Um DVD gravado com a máxima qualide fica muito semelhante ao original.
Quanto aos flahes ou piscadas em Pal-M pode-se solucionar com a atenuação do sinal de vídeo através de um potenciômetro. Penso que um processador de vídeo profissional de U$ 3.000 resolveria de forma ainda muito melhor, mas prefiro o potenciômetro de U$ 0,30 :-) Aproveito para questionar novamente ao Fantasma que Anda: encontraste alguma outra solução para o fenômeno?
Sobre o tempo de gravação em um DVD, depende da qualidade. Com máxima qualidade cabe 1h e 20 ou 30min. Jogando com os parâmetros de qualidade do Mpeg-2 pode-se aumentar bastante este tempo. Me parece que os gravadores de mesa também fazem este ajuste da qualidade (que tu podes fazer no PC) para colocar mais ou menos tempo num DVD, portanto não há vantagem no gravador de mesa sob este aspecto. O teu LG 4040b (o meu é igual) vai gravar os até 4.7G que tu tiveres produzido, independentemente de quanto tempo de video que tu conseguiste colocar neste espaço.
Abraços.
19/11/2006 23:20
De: Fantasma
IP: 201.19.88.240

Gravadores de DVd Panasonic (DMR-E55PL-S / DMR-ES10 / ES20 / EH60 / ES15LB-S

Paulatinamente transcreverei para este fórum alguns tópicos de companheiros de outros fóruns dos quais participo ou participei como ajuda aos verdadeiros interessados e aviso aos imbecis que acham que estão - agora - descobrindo a Pólvora!
Tecnologia->Vídeo->Gravadores de DVD de Mesa
Panasonic DMR-E55PL-S / DMR-ES10PL-S / DMR-EH60PL-, Características, recursos e desempenho Phantom who walks Posted: Jan 10 2006, 03:53 AM  
Livre Pensador
Group: Member
Posts: 1,280
Member No.: 3
Joined: 7-January 06
Panatrixies para todos os gostos
Atendimento ao Consumidor: Grande São Paulo 0800-0111033 - Demais regiões (12) 3935-9300 www.panasonic.com.br PANASONIC PRODUCT SUPPORT
http://www2.panasonic.com/webapp/wcs/store...15001&langId=-1
Panasonic offers a variety of support for your products:
• Operating Instructions
• Frequently Asked Questions
• Contact Us
• Service Center Locations
• Troubleshooting Guides
• Warranty Information
• Drivers and Downloads
• Supplies and Accessories
• Customer Care Plans
Manual em Inglês para o DMR-ES10S
http://service.us.panasonic.com/OPERMANPDF/DMRES10.pdf
"Adquiri o Gravador de DVD de Mesa Panasonic DMR-E55-PL-S e capturei uma fita VHS nele. A imagem ficou melhor que a da fita original... INCRÍVEL !!! "(Neka Minas - o pai da criança!) (ABRIL DE 2005)
Pode-se gravar em mídias dos formatos DVD-RAM e DVD-R. As mídias DVD-RAM somente poderão ser lidas no próprio gravador ou em DVD players que dão suporte ao formato, inclusive, drives leitores ou gravadores usados em microcomputadores. As mídias DVD-R gravadas nos gravadores de mesa serão reproduzidas na maioria dos players desde que devidamente finalizadas. Enquanto não forem finalizadas só tocarão no gravador de mesa ou nos drives de PC que dão suporte ao formato DVD-R, o que, atualmente, todos fazem. O conteúdo do disco DVD-R não finalizado também não poderá ser extraído por meio de softwares ripadores como o DVD Shrink e outros. Ao tentar-se ripar um disco DVD-R não finalizado a informação recebida será que não há NENHUM ARQUIVO no disco. Depois do disco finalizado se pode levar ao PC para reprodução ou mesmo para fazer edições com seu programa editor ou autorador preferido.
Procedimento básico para gravar sua primeira obra prima.
Passo 1 : Conectando os cabos - Ligue o cabo RCA na saída A/V do videocassete e na entrada do Gravador - L1 , por exemplo – no painel traseiro.
Passo 2 : Coloque a mídia DVD-R , ou RAM, no gravador. Usando a tecla REC MOD do controle remoto selecione uma das quatro opções de velocidade de gravação que o Panasonic DMR-E55PL-S lhe oferece:
XP - Grava uma hora em alta qualidade
SP - Grava duas horas em qualidade normal
LP - Grava quatro horas com qualidade um pouco inferior
EP - Grava seis ou oito horas com qualidade VCD .
Passo 3: Dê o PLAY no vídeo cassete e quando estiver no ponto comece a gravação apertando a tecla REC do controle remoto do gravador .
Passo 4: Terminado o filme ele vai finalizar a GRAVAÇÃO .
Atenção : o que ele finaliza aqui é a gravação, e não o disco. O disco somente será reproduzido em outro aparelho se você finalizar o DISCO!!!
Passo 5: No controle remoto vá em FUNCTIONS e escolha CONFIGURAR DISCO .
Passo 6: Em NOME DO DISCO você deve colocar o nome do filme que gravou ou outro tipo de identificação ao seu critério. Em SELECIONE A PRIMEIRA REPRODUÇÃO você poderá optar por aparecer na tela o menu padrão (superior) ou começar o filme assim que o disco for carregado (título 1) .
Passo 7: EM FECHAR (em espanhol cerrar) , você escolhe a opção SIM para ver o disco em qualquer aparelho DVD de Mesa.
Seguindo estes procedimentos básicos você além de ganhar tempo ainda poderá cobrir a namorada de mimos enquanto ela se encanta admirando sua obra prima - o filme!
O gravador de DVD de mesa proporciona nitidez de cores incomparáveis, sendo a realização do seu sonho de adquirir um aparelho que lhe permita um trabalho de alta qualidade, sem chuvisco, e sem as dores de cabeça inerentes às placas de captura analógicas. O preço também é bastante compensador. Já se pode encontrar exemplares abaixo de R$ 1000,00, parcelados em 10 ou 12 vezes sem juros. Este é um preço razoável se levarmos em consideração que para se obter resultados de qualidade duvidosa no PC, temos que investir em uma boa placa de captura, uma possante CPU, suficiente memória, e, em um disco duro com bastante capacidade e velocidade de 7200 rotações por minuto, ou superior.
Se o seu porquinho está de dieta tente motivar o seu pai para que ele se interesse pelo produto e o adquira. Depois é só pedir emprestado e fazer seu test drive. Se você sempre considerou muito bons os resultados obtidos com sua Prolink Pixel View Play TV HD (éééééécaaaaa!) e tem muita curiosidade em comparar o resultado com um trabalho produzido com equipamento mais sofisticado, agora, finalmente, terá sua chance de comparar lado a lado a qualidade dos dois processos.
Espante o “encosto” que aterroriza o seu trabalho! Dependendo das necessidades profissionais de sua produtora a captura de vídeo por meio de um gravador de DVD de mesa para posterior edição, poderá lhe levar ao sucesso!!!
Para editar no micro os vídeos capturados com o DMR-E55PL-S é recomendável o uso da mídia de DVD RAM. Na mídia DVD-R, teríamos que queimar uma para capturar e outra pra gravar o vídeo editado. A mídia RAM pode ser regravada por até 100.000 vezes. Ela tem um preço superior às mídias DVD-RW, porém, compensa pelo número de regravações que podem ser feitas sem perda de qualidade. Outra característica marcante deste aparelho é que o sistema de cores pode ser alterado entre NTSC (VHS / DVD de locadoras), ou o padrão PAL-M da TV brasileira. Desta maneira o gravador de DVD de mesa aposenta definitivamente o videocassete para gravação de programas de TV sem perder a qualidade que, será sempre, digital! Como sabemos o VHS depois de algumas gravações vai perdendo a qualidade da imagem, a nitidez das cores, além de, sofrer processo de deteriorização por acúmulo de poeira, resíduo do material causado pelo atrito, sem falar nas intempéries que provocam deformações e ocasionam o famigerado “mofodeu”. No DVD-RAM não há essa perdas.
O DMR-E55PL-S direcionado para o mercado latino americano vem configurado para região-4. Entretanto, pode ser liberado também para a região-1, ficando assim, regiões 1 e 4. Quem presta este serviço é a assistência técnica autorizada. O desbloqueio custa entra 100 a 400 reais. Ele não copia DVD copyrighted, todavia, já existe na net uma caixa-preta com esta finalidade em http://www.vcolor.com.br/nova/macroff.htm. O recurso do uso do trim-pot (resistor variável) de 10 KOhm muito difundido na rede, e que, realmente, elimina os lampejos presente na captura de algumas fitas VHS, através de determinadas placas de captura como as ATI All In Wonder, não obtém sucesso no caso do gravador de mesa. Porém, além do Macro Cleaner, algumas mesas (ou todas) de edição removem este sinal de instabilidade do vídeo. Pode-se também, capturar o sinal do DVD player ou do videocassete através do PC enviando o sinal a ser gravado no gravador de mesa pelas saídas analógicas ou super vídeo da Aceleradora de Vídeo. Algumas placas de captura têm a propriedade de remover este bloqueio atuante no CAG / AGC (Automatic Gain Control), dos videocassetes e DVD players. Uma delas é a usada pelo Mikus (aqui, substituir usada pelo Mukus, pelo model number da placa AVerMedia usada por ele...). Outro recurso seria instalar na máquina pela qual se vai passar o sinal, o software DVD RegionFree+CSS ou o DVD Idle, do mesmo desenvolvedor: http://www.dvdidle.com.
Soçarba...
Mr. Walker
Editando em 26/01/2006
1º Há um recurso chamado "Ejeção Forçada" (Forced Eject) que permite o usuário ejetar um disco problemático da bandeja se a máquina não o conseguir expulsar. O que tu deves fazer? Belisca ao mesmo tempo as teclas STOP & ^ (CHANNEL UP), no painel frontal do device - isto libera geral e força a máquina cuspir fora o disco.
Este recurso "Ejeção Forçada" acaba de ser testado por mim agora: liguei o device apenas na tomada e belisquei “conjuntamente juntas” as duas teclas recomendadas, até que a bandeja abrisse.
2º Esta máquina não gosta de discos baratos!.
Use os discos mais baratos por sua própria conta e risco. Eu já estava formando uma bela coleção de descansos para copos - com as mídias bichadas - até ser alertado pelo rapaz da Richer Sounds (loja onde eu comprei o Panatrix), que tem a mesma máquina que eu tenho.
Trocados os discos, e agora, tudo está novamente numa nice.
Não use Hi-Space discs!"
(a) Usuário americano.
Editando em 06/02/2006
Existe atualmente na página do "Product Support" (Link lá em cima deste post), uma atualização de firmware para os modelos DMR-E55P, DMR-ES10P e muitos outros modelos de DVD Recorders Panasonic, para viabilizar melhor desempenho dos discos RAM / Drive e implementar compatibilidade com mídias veloc 8x e 16x recentemente lançadas. Por enquanto, não posso garantir que este updating seja compatível com os modelos tupiniquins. Um contato com o S.A.C. da Panasonic-BR, seria aconselhável antes de qualquer tentativa de atualização.
EDITADO EM 19 / 11 / 2006-11-19
As atualizações existentes no site americano da Panasonic não devem ser aplicados aos modelos brasileiros. Se for feito nossos devices tornar-se-ão NTSC puro – perdendo a função PAL-M – o sinal da TV tupiniquim ficará em P & B.
Editando em 07 de setembro de 2006...
QUOTE (jcanabrava @ Sep 6 2006, 10:04 PM)
Caros Amigos,
Ontem navegando no site da Panasonic, vi que havia atualizações para o firmware do Panasonic DMR-E55P e não percebi que era somente pro modelo americano e agora desapareceu a opção do menu pra gravar em PAL-M, agora quem puder me ajudar ? Já procurei na Internet toda, só consigo achar pro modelo americano.  
O retorno às condições originais de fábrica é possível com o uso de um Controle Remoto Especial "one for all" modelo DVD-T001, existente nas autorizadas de 1ª classe da Panasonic. Não é em qualquer quitanda!
Entra em contato com o suporte, expôe teu problema que, eles indicarão uma autorizada mais próxima à tua residência habilitada a prestar tal manutenção.
Se não me falha a memória eu coloquei no tópico de abertura tanto o código para desbloqueio para as regiões 1 & 4, como o código para resetar o SETUP, após o desbloqueio - só que, este código, é alfanumérico (teclar A & 9 durante 5 segundos), que somente pode ser inserido pelo citado controle remoto.
No caso de haveres criado um CD de updating e haveres mudado o firmware, é provável (não afirmo!...), que só possas retornar ao firmware tupiniquim, se o tiveres também em CD para rodar. Como, realmente, não existe nenhuma atualização de firmware para o modelo brasileiro no site da Panasonic-BR, caímos novamente na solução que aparentemente é a única: Suporte e Assistência Técnica.
Alerto aos novos companheiros participantes do TEC, que, praticamente tudo o que se poderia dizer e / ou fazer com os diversos modelos dos variados fabricantes de gravadores de DVD de mesa, já foi abordado nos tópicos deste fórum. Portanto, antes de se aventurar a fazer experiências, seria recomendável pesquisar o que já foi escrito sobre seu aparelho em particular.
Soçarba...
Mr. Walker
QUOTE (jcanabrava @ Sep 7 2006, 02:36 AM)
Phantom, se tiver o telefone deles ou até mesmo o email deles para que possa saber se eles podem me enviar o firmware para mim.
Valeu !  
Vou levantar o endereço / telefone! Pero, se não estiveres na área do Rio o mais aconselhável é que entres em contato com o suporte da Panasonic para que eles indiquem uma autorizada Classe-A, próximo ao teu domicílio.
Suporte Panasonic: Rio de Janeiro: (21) 2510-3988
Atendimento ao Consumidor: Grande São Paulo 0800-0111033 - Demais regiões (12) 3935-9300 www.panasonic.com.br Este e-mail parece ser do Técnico que esteve no meu cafofo: aletronica@ig.com.br - o nome dele era Alessandro.
Não tenho bem certeza se era esta a autorizada:
CTVC TEC. VÍDEO E CÂMERA
R. Saldanha Marinho, 117 - NITEROI
RIO DE JANEIRO - RJ
C.E.P.: 24030-040
ctvc_eletronica@yahoo.com.br
Tel.: (0xx21)2620-2419
Editado em 19 / 11 / 2006 – O endereço acima está correto!
Wal
MODELOS E CARACTERÍSTICAS
DMR-EH60PL-S• HDD 200GB
• Slot para cartão SD
• Time Slip
• HDD 200 GB: Todas as suas lembranças de família e amigos na memória do aparelho gravador de DVD, graças à sua super memória de 200GB, com até 355 horas de gravação.
• GRAVAÇÃO MULTIFORMATO: Os gravadores de DVD da Panasonic são compatíveis com múltiplos formatos, podendo gravar programas de TV, gravar filmes e lembranças que estão em fita de vídeo, como aniversários, batizados, formaturas e casamentos. As gravações são compatíveis com os formatos de discos DVD-DVDRAM RAM / D DVD-VD-R RW(regravável) e DVD-VD-R / D DVD+VD+R R(gravável). Também se podem reproduzir imagens fixas, fotos (JPEG, TIFF).
• SLOT PARA CARTÃO SD: Entrada para cartão SD dando ao usuário uma forma fácil de visualizar fotos tiradas em uma câmera digital ou outro aparelho que utilize cartões de memória.
• TIME SLIP: Exclusiva função que permite gravar e reproduzir ao mesmo tempo, de diversas maneiras. Por exemplo, pode-se assistir (play) o início de um programa gravado enquanto se grava (rec) seu final. Pode-se também assistir um programa gravado anteriormente enquanto se grava outro. E finalmente, pode-se retornar a cenas anteriores sem interromper a gravação.
• ENTRADA DV (FIREWIRE): Permite qualidade digital de gravação de áudio e vídeo em um único cabo conectado diretamente em sua câmera de vídeo digital.
• Multiformato em reprodução: DVDRAM/-R/-RW/+R/+RW, DVD-Video, VCD, DVD-Audio, CD Audio, CD-R/ RW, MP3, JPEG e TIFF
• Gravação em até 5 modos: XP, SP, LP, EP, FR
• Modo gravação FR: Permite maior qualidade de gravação no tempo disponível de disco
• Controle remoto multimarca para televisor
• Gravação de sinal PAL-M*
• Entradas de vídeo: 3 S.Vídeo, 3 Vídeo composto (RCA)
• Saídas de vídeo: Vídeo Componente, S.Vídeo, Vídeo composto (RCA)
• Entradas de áudio: 3 analógicas
• Saídas de áudio: Digital óptica e analógica
• Sistema de cor NTSC
* Os sinais provenientes de todos os buracos são convertidos de PAL-M em NTSC antes de serem gravados.
** A reprodução depende da condição de gravação.
DMR-ES20S
Progressive-Scan DVD Recorder with DV Input, Silver - Records to DVD-RAM/-R/-RW/+R Discs Recordable Disc Type DVD-RAM, DVD-R, DVD-RW, DVD+R
Multi-Format Playback (Playable Disc Type) DVD: DVD-Audio, DVD-Video, DVD-RAM, DVD-R, DVD-RW, DVD+R, DVD+RW
CD: CD (CDDA), Video CD, CD-R/RW (including MP3 and JPEG files)
Time Slip Function Chasing Playback
Simultaneous Record and Play
Time SlipTM Button
One-Touch Record and Play Yes
1 Second Quick Start Yes, using DVD-RAM discs only
2x LP Horizontal Resolution Recording Yes, records 500 lines of horizontal resolution in LP mode VHS Refresh Dubbing to DVD Yes
4x Natural Gradation Yes
Rapid Random Access, Recording and Playback Yes, with DVD-RAM discs Playlist Playback Yes
Direct Navigator Yes
Selectable Recording Modes XP/SP/LP/EP/FR
Picture Quality Improvement Functions Real-Time Variable Bit Rate Control Integrated Noise Reduction(NR)
Visibility Modulation Technology
Dolby Digital® (Dolby AC-3) 2ch Audio Recording Yes
Bilingual Recording Yes, DVD-RAM disc only
DVD-RAM Video Playback Capability Yes
DVD-R Playback 2 Capability Yes
CD-R/RW Playback 3 Yes
MP3 Playback 4 Capability Yes
Progressive Scanning Yes
Video D/A Converter 54MHz/12-bit
Black Level Control Yes
Power Source AC 120V, 60Hz
Power Consumption 23W (9W in standby mode)
Horizontal Resolution More than 500 lines
A/V Inputs S-Video Inputs: 2 (1 front)
Composite Video Inputs: 2 (1 front)
Audio L/R Inputs: 2 (1 front)
RF Inputs: 1 (VHF/UHF)
Remote Control Universal (TV/DVD)
Component Video Out (Y, PB, PR) Yes
S-Video Outputs 1
Optical Digital Output for DTS® & Dolby Digital® Surround Sound Yes Quick View Yes
Color Silver
Flexible Recording (FR Mode) Yes
Dimensions (H x W x D) 21/2'' x 1615/16'' x 927/32''
Weight 5.62 lbs
Footnotes
1 To use this function, your DVD recorder must be connected to a TV antenna and able to receive a terrestrial broadcast that includes EPG data in the transmission. VCR Plus+ will not be available unless the DVD recorder has retrieved EPG program listings. TV GUIDE and other related marks are registered marks of Gemstar-TV Guide International, Inc. and/or one of its affiliates. TV Guide On Screen, G-LINK, VCR Plus+ and PlusCode are registered marks of Gemstar-TV Guide International and/or one of its affiliates.
Esta função (nota de rodapé-1) (TV Guide On ScreenTM Program Guide) não está disponível no DMR-ES20S
2 This unit can play back Panasonic DVD-R discs recorded and finalized with a Panasonic DVD video recorder. It may not be able to play some DVD-R discs depending on the disc and the condition of the recording.
3 Plays CD-DA format audio CD-R and CD-RW discs. May not be able to play some CD-R or CD-RW discs due to the condition of the recording.
4 For contents recorded on CD-R/RW media from CDs for your personal use. Playability may vary depending on contents and discs.
Soçarba...
Mr. Walker
--------------------
   
ricardoacj Posted: Jan 10 2006, 03:21 PM  
Aprendiz
Group: Members
Posts: 37
Member No.: 7
Joined: 9-January 06
Tenho o modelo DMR ES10 ,e estou plenamente satisfeito. O aparelho apresenta um funcionamento perfeito, apesar de outros modelos, terem desempenho melhor em gravações acima de 4 horas.  
   
chris Posted: Jan 10 2006, 04:18 PM  
Chris !!
Group: Member
Posts: 2,505
Member No.: 2
Joined: 5-January 06
É claro, que eu não podia deixar de postar sobre meu Panasonic DMR-E55.
Alguns já sabem, mas como vamos ter centenas de usuários novos, não custa nada repetir mais uma vez.
Tenho uma paixão muito grande pela marca, tanto que além dele, tenho um video cassete NV-HV60, 2 televisões 14", um microondas, um massageador e midias de DVD(-R e Ram). Tenho a sorte de ter um distribuidor Panasonic grudado ao meu prédio, então até entrega a domicilio eu consigo, isso sem dizer das facilidades de pagamento.
O Phantom já falou tudo o que tinha que ser dito (ele tentou trair a marca com um Sansumg e se deu mal).
Mas nem tudo é perfeito, a resolução de 704x480 e a qualidade ruim da imagem quando em LP, me incomodam bastante.
--------------------
"Às vezes é melhor ficar quieto e deixar que pensem que você é um idiota, do que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida!!!"  
   
LuciusAlberto Posted: Jan 10 2006, 05:11 PM  
Aprendiz
Group: Members
Posts: 32
Member No.: 10
Joined: 9-January 06
[ QUOTE (chris @ Jan 10 2006, 04:18 PM)
É claro, que eu não podia deixar de postar sobre meu Panasonic DMR-E55.
Mas nem tudo é perfeito, a resolução de 704x480 e a qualidade ruim da imagem quando em LP, me incomodam bastante. ]
Olá Chris, tudo bom??
Não sei se você acompanhou minhas mensagens no outro fórum, mas estou prestes a adquirir um gravador de DVD (até quinta resolvo essa "pendenga")...eu gostaria de saber o seguinte:
Quais são os incovenientes da resolução do Panasonic?? Incompatibilidades?? Perda de qualidade?? Por favor, se puder, dê um pouco mais de detalhes...ajudará na minha escolha...  
   
chris Posted: Jan 10 2006, 05:55 PM  
Chris !!
Group: Member
Posts: 2,505
Member No.: 2
Joined: 5-January 06
Lucius,
Olá! Até hoje, esta resolução não me atrapalhou, mas pelo que tenho lido alguns vídeos importados não aceitam ler o DVD. Há pouco tempo fiz uns dvds para a Alemanha, e não sei se foram lidos. Disseram que o próximo modelo, com terminação em 20 já vai vir com a resolução maior.
Dê uma lida neste fórum:
http://www.videobr.pro.br/forum/viewtopic.php?t=1630
Neka, não é propaganda do outro fórum, sou Fiel aos amigos.
Por falar nisso, meninos leiam isto, mas não fiquem brabos:
http://www.videobr.pro.br/forum/viewtopic.php?t=513
--------------------
"Às vezes é melhor ficar quieto e deixar que pensem que você é um idiota, do que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida!!!"  
   
Phantom who walks Posted: Jan 10 2006, 06:49 PM  
Livre Pensador
Group: Member
Posts: 1,280
Member No.: 3
Joined: 7-January 06
Chris,
Quanto ao site dos profissionais, fui lá, en passant, li a primeira página do link e depreendi duas coisas:
1. É o jus esperniandis... Ou seja, o direito de espernear.
2. Não se perde nada visitando o link e lendo o que eles têm a dizer - afinal, são, ou se consideram profissionais. No pouco que li, confirmei algumas dúvidas que eu tinha. Voltarei lá mais vezes para ver se poderei dar crédito total ao que eles dizem. Se assim for, toda honra e toda graça a eles. Quanto a ser amador, eu, não trabalho para ninguém - sou hobbysta. Pero, nunca ouvi ninguém aqui dizer que é profissional. A preocupação que eles têm quanto ao que a galera cobra é a mesma nossa... Ter o serviço subvalorizado, e não poder a curto ou médio prazo comprar melhores devices para podermos evoluir.
Como eles mesmos dizem em suas assinaturas sempre é tempo de aprender ou desaprender. Quem tem boca ou teclado, diz / digita o que quer.
Uma coisa eu garanto a vocês e a eles também: - Não foram eles que inventaram a Edição Não-Linear de Vídeo e a Autoração de DVD. Assim, não lhes devemos royalties!

Soçarba...
Mr. Walker
--------------------
chris Posted: Jan 10 2006, 07:15 PM  
Chris !!
Group: Member
Posts: 2,505
Member No.: 2
Joined: 5-January 06
Sou amiga do Patrão.....
Coloquei o último link só para criar polêmicas (acho que cansei de ser boazinha e estou virando uma cobrinha), também não gosto do modo deles. Mas cada um tem a Egrégora que merece. Antes de conhecer vcs, eu lia o Videomart, videousado e o videobr, como ficaram nos meus favoritos, de vez em quando dou uma lida.
Vamos ver o que o Vitor2003 fala.
--------------------
"Às vezes é melhor ficar quieto e deixar que pensem que você é um idiota, do que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida!!!"  
   
jjohtak Posted: Jan 10 2006, 09:37 PM  
Mago
Group: Members
Posts: 57
Member No.: 4
Joined: 8-January 06
QUOTE (chris @ Jan 10 2006, 03:55 PM)
Lucius,
Olá! Até hoje, esta resolução não me atrapalhou, mas pelo que tenho lido, alguns vídeos importados não aceitam ler o Dvd. A pouco tempo fiz uns dvds para a Alemanha, e não sei se foram lidos. Disseram que o próximo modelo, com terminação em 20 já vai vir com a resolução maior.
Dê uma lida neste fórum:
http://www.videobr.pro.br/forum/viewtopic.php?t=1630
3[/URL]
Cris, sobre o formato 704x480, lembra que uma vez lhe falei para não se preocupar?
Pois, pois, o formato não é o problema. Provavelmente o ponto que gera a questão é ou o Menu gerado pelo Pana ou o arquivo .IFO da gravação.
Pque xambinho eu, quando testei aquele método de gravar mídia RAM no PC e continuar a gravação pelo panasonic em formato UDF2.0, usando o driver da Panasonic, (que estava dando certo...parei um pouco por não ter tempo), as mídias que gravei(-R formato 704x480) que o player Philco DVP2500 recusou, regravei criando menus e as regravações funcionam, neste player(Eu imaginava que fosse feita conversão extremamente rápida para 720x480). Usando estas mídias para copiar alguns trechos para testes, o que vejo? O formato dos filmes não foi alterado, continuam em 704x480.
O ponto, é que somente o menu ou seja, o arquivo.Ifo informam ao player que o filme é 720x480. Mas , porém, ao fazer testes com partes dos filmes, que formato esta? 704x480. Então deduzi que o problema reside ou no menu ou nas informações contidas no arquivo.IFO.
Se bem que não lembro se foi no Afterdawn ou na Videohelp, em que um user colocou isto:
Certos players (em essência ching lings), com seus chips barateados(capados) para diminuir custos, não entendem o arquivo .IFO gerado pelos gravadores de mesa (aqui não lembro se foi especificado a marca ou marcas).
Então o Player ao rodar a mídia entende o filme como sendo wide, quando na verdade é fullscreen, gerando o terrível passo do loading...infinito.
Se vero ou não não sei.
Mas como disse, as mídias que refiz e o player passou a ler, só diferem pelo menu, Mas o filme continua em 704x480.
E, pá não ficar lelé , já ki naum sô gênio, larguei
... Deixo procê!
uma guaraná aí???

   
chris Posted: Jan 10 2006, 10:12 PM  
Chris !!
Group: Member
Posts: 2,505
Member No.: 2
Joined: 5-January 06
JJ,
Eu também larguei de mão!!
Tenho curiosidade de saber o porquê da diferença, e tenho certeza que todos vocês também. Quando entramos nesse mundo de edição, cada descoberta é um presente.
Apenas comentei no post, para depois ninguém falar que fizemos propaganda enganosa da Panasonic. Todas as marcas têm defeitos e qualidades. Aliás, não sei nem se é defeito.
Até hoje não afetou meu trabalho, e se algum dia alguém reclamar de incompatibilidade, devolvo o dinheiro, que não é grandes coisas.  
--------------------
"Às vezes é melhor ficar quieto e deixar que pensem que você é um idiota, do que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida!!!"  
   
memibibi Posted: Jan 11 2006, 04:45 AM  
Ser Superior
Group: Member
Posts: 1,452
Member No.: 24
Joined: 9-January 06
QUOTE (chris @ Jan 10 2006, 02:55 PM)
Neka, não é propaganda do outro fórum, sou Fiel aos amigos.
Por falar nisso, meninos leiam isto, mas não fiquem brabos:
http://www.videobr.pro.br/forum/viewtopic.php?t=513
Coloquei o último link só para criar polêmicas (acho que cansei de ser boazinha e estou virando uma cobrinha), também não gosto do modo deles. Mas cada um tem a Egrégora que merece. Antes de conhecer vcs, eu lia o Videomart, videousado e o videobr, como ficaram nos meus favoritos, de vez em quando dou uma lida.
Vamos ver o que o Vitor2003 fala.

Chris,
É porisso que eu tinha resolvido me cadastrar no FdCH. A maioria dos Foruns tinha tom muito técnico, achava muito impessoal, pareciam máquinas programadas para responder. Quando comecei a ler os Tópicos de lá, vi a diferença nos tons dos Posts e foi realmente o que me deu coragem para cadastrar. Não fosse isso, continuaria eternamente como uma visitante em vários foruns por aí, e com certeza, teria aprendido muito menos do que hoje sei, e com certeza, não teria contribuído pra ajudar ninguém também  ...
Estou feliz com esta nova casa:
- Era uma casa muito engraçada, Não tinha teto, Não tinha nada...
- Mas era feito com muito esmero, Na Rua dos Bobos, número Zero!!!...
Se for assim... Fico feliz...  Feliz de sermos "bobinhos", amadores... Deixem os Profissas falarem o que quiserem, acho que todas as marcas que vocês bateram nos Tópicos dos Gravadores, mostram que se tem muito mais a ensinar e dividir quando se tem humildade e simplicidade...
Parabéns a todos!!! É o que acho!  
--------------------
MemiBibi
A Bibi acabou de fazer 5 aninhos ...
FELIZ NATAL A TODOS ...  
   
chris Posted: Jan 11 2006, 10:11 AM  
Chris !!
Group: Member
Posts: 2,505
Member No.: 2
Joined: 5-January 06
Memi,  
Daqui a pouco o Tio Neka e o tio Fanta expulsam a gente, mas por enquanto, vamos continuar a tricotar...
Eu até aprendi muita coisa naquele fórum, mas realmente ficava com receio de perguntar alguma besteira e levar um fora.
Para não ficar, seu irmão vai trazer o gravador do Japão? Pede uma filmadora e compra um Sansumg ou LG aqui.
--------------------
"Às vezes é melhor ficar quieto e deixar que pensem que você é um idiota, do que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida!!!"  
   
ricardoacj Posted: Jan 11 2006, 11:43 AM  
Aprendiz
Group: Members
Posts: 37
Member No.: 7
Joined: 9-January 06
QUOTE  
O ponto, é que somente o menu ou seja, o arquivo.Ifo informam ao player que o filme é 720x480. Mas , porém, ao fazer testes com partes dos filmes, que formato esta? 704x480. Então deduzi que o problema se reside ou no menu ou nas informações contidas no arquivo.IFO.
Já mudei o menu de alguns filmes que gravei com o Pana, e mesmo assim  rodou no dvd Aistar 800S.  
   
jjohtak Posted: Jan 11 2006, 10:47 PM  
Mago
Group: Members
Posts: 57
Member No.: 4
Joined: 8-January 06
QUOTE (ricardoacj @ Jan 11 2006, 09:43 AM)
QUOTE  
O ponto, é que somente o menu ou seja, o arquivo.Ifo informam ao player que o filme é 720x480. Mas , porém, ao fazer testes com partes dos filmes, que formato esta? 704x480. Então deduzi que o problema se reside ou no menu ou nas informações contidas no arquivo.IFO.
Já mudei o menu de alguns filmes que gravei com o Pana, e mesmo assim  rodou no dvd Aistar 800S.  
Ixi, Ricardo, aí tú me deu um balão!!!  
Sinceramente não consigo xambitar mais; No meu caso gravei alguns dvds usando o Sonic MyDVD suite, e o Ulead movie factory4... E, deram certo.
Mas se achar algo, posto aqui.
Ah, se não me engano, pelo Nerovision, consegui converter 1 trabalho em 704x480, para 720x480.. Mas foi bem demorado.
ABs!

   
memibibi Posted: Jan 11 2006, 11:41 PM  
Ser Superior
Group: Member
Posts: 1,452
Member No.: 24
Joined: 9-January 06
QUOTE (chris @ Jan 11 2006, 08:11 AM)
Memi,
Daqui a pouco o Tio Neka e o tio Fanta expulsam a gente, mas por enquanto, vamos continuar a tricotar...
Eu até aprendi muita coisa naquele fórum, mas realmente ficava com receio de perguntar alguma besteira e levar um fora.
Para não ficar, seu irmão vai trazer o gravador do Japão? Pede uma filmadora e compra um Sansumg ou LG  aqui.  
Chris,
Já resolvi recomendar meu irmão a comprar um gravador aqui, visto que é um aparelho que exige, às vezes, certas regulagens, que vai ser difícil serem feito com manual em hieróglifos (hehehehe... japonês pra mim é hieróglifo)... A não ser que o JJ se prontifique a traduzir pra mim, que já vi que ele manja... Tem como comprar compatível pra Brasil, numa cidade que só vende produtos para exportação... Mas com certeza, ele já disse que não vai querer ir atrás, então... Acho melhor ficar com produtos que sei que terei todo o apoio do pessoal aqui. Aliás, este pouco tempo que tenho acompanhado o Tópico, já me serviu de muita orientação... Confesso que ainda não li da pagina 4 até a 149, mas desde a 150 pra cá posso dizer que foi o suficiente pra ir me orientando bem, pois a cada pagina, sempre ia sendo esclarecido mais coisas...
Imagine se depois de acompanhar tudo por aqui, eu ia querer um aparelho que ninguém nunca nem ouviu falar?  ...
Bem, quanto à filmadora... Ainda acho um supérfluo... Vamos ver até lá...
Viu, tricotamos sobre gravadores!!!
--------------------
MemiBibi
A Bibi acabou de fazer 5 aninhos ...
FELIZ NATAL A TODOS!...  
01/09/2010 17:22
De: Jefmacintosh
IP: 201.47.42.11

Re: Re: Re: Re: Destravar o PHILIPS DVDR 3380

Pois é,
 Eu tbém passo por este mesmo problema! O mais LOUCO é que se colocar qualquer mídia (Disco de DVD gravado ou virgem) o problema para de ocorrer (pelo menos no meu aparelho!). Uma solução seria esta... O meu DVDR3380 NÃO FUNCIONA o Timer quando coloco para gravar mais de 1 filme com duração superior a 1 hora: Ele fica dando a MSG "Espaço Insuficiente no disco" Mudar ou Desligar?
Ai qdo clico no Botão "Desligar" ele começa a gravar o 2º filme instantaneamente! Vai entender! Essa Philips realmente NÃO SABE fabricar Gravador de Dvd; já NÃO bastasse os inúmeros problemas com o DVDR3355 que NUNCA PRESTOU, agora o 3380 que deveria ter corrigido TODOS os BUGS e Erros anteriores apresenta alguns dos MESMOS DEFEITOS e outros NOVOS DEFEITOS! Fazer o que né? O negócio, de acordo com LONGAS PESQUISAS que realizei em fóruns, é comprar um Gravador de DVD da Pioneer ou da Panasonic ou pelo menos o modelo Philips DVDR 615 (o único que presta da Philips!)
26/12/2006 23:18
De: Fantasma que anda
IP: 189.13.171.57

Plasma & LCD

Transcrito do Fórum TECNOLOGIA
O participante SEAGULL do Fórum TEC é um companheiro que conheci virtualmente em janeiro de 2005 quando cheguei ao Fórum do CLUBE DO HARDWARE. Ele usava o nickname "Vitor2000" e usava como "avatar" um albatroz (gaivota). Passei então, a chamá-lo de Victor Seagull fazendo uma alusão a "Jonathan Livingston Seagull" (Fernão Capelo Gaivota) personagem do livro homônimo de Richard Bach - também, autor da obra "Um". Houve uma grande identificação entre Seagull, a companheira Chris e o Fantasma. Em homenagem ao Phantom o Victor assumiu o nick "Seagull" em lugar do Vitor2000 que usava. Em dezembro de 2005 combinamos nosso primeiro encontro ao vivo, que aconteceu em um restaurante da orla de Copacabana. De lá para cá, mensal e infalivelmente nos reunimos para confraternizar, jogar conversa fora, trocar presentes e rir muito, pois, diferente do que possa parecer somos muito extrovertidos, apesar de termos um espírito crítico bastante acentuado.
O Seagull além de dominar os segredos de alguns softwares de edição e autoração de vídeo, dos quais prepara tutoriais para colocar à disposição dos companheiros menos favorecidos, também é um grande garimpeiro de informações técnicas para si e para melhor ajudar aos demais lhes tirando as dúvidas.
=================================================================
Seagull Posted: Jul 4 2006, 01:35 PM  
Sorria
Group: Member
Posts: 3,057
Member No.: 5
Joined: 9-January 06
Alguns desses artigos não são News, mas explicam as diferenças fundamentais dos modelos e seus problemas Plasma ou LCD : qual escolher?
As duas são finas e têm ótima definição:tamanho e preço pesam na decisão Alexandre Barbosa
05/12/2005
TV de plasma ou de cristal líquido (LCD, de Liquid Cristal Display)? Até há pouco, a escolha era simples: o plasma servia para telas maiores (mais de 42 polegadas) e o LCD, para as menores. Só que já é possível produzir telas de LCD maiores. No Brasil, os displays de plasma têm 42 polegadas ou mais; os de LCD, de 17 a 40 polegadas.
Embora pareçam semelhantes, há uma grande diferença no processo de formação da imagem. As telas de plasma possuem um gás que, ao passar por um processo de ionização, assume o estado de plasma, também conhecido como o quarto estado da matéria. O plasma gera então raios ultravioleta, que atingem a superfície externa da tela, formando a imagem.
Já as TVs de LCD têm uma lâmpada de luz branca (também chamada de backlight), cuja luminosidade é filtrada pelos cristais líquidos da tela, como no caso dos monitores de LCD de computadores. As TVs de LCD são mais leves que as de plasma e consomem menos energia. Há quem diga que o LCD é uma tecnologia mais promissora, que tende a substituir o plasma. A Sony já decidiu que apostará suas fichas no LCD. Já Philips, Samsung e LG apostam nas duas tecnologias.
Por enquanto, as telas de plasma são mais baratas do que as de LCD de dimensões equivalentes. Há várias TVs de plasma de 42 polegadas na faixa de R$ 9.999, com resolução de 852 x 480 pixels (ou 480 linhas horizontais). As imagens são de boa qualidade, mas, a rigor, não podem ser consideradas de alta definição, pois para isso teriam que ter resolução de 720 linhas horizontais. Existem displays de plasma com alta definição à venda, mas custam mais caro.
Por R$ 9.999 é possível comprar TVs de LCD, mas com 32 polegadas. A resolução dessas telas já é de alta definição. “As TVs de LCD podem até parecer mais caras, mas estão realmente prontas para a TV de alta definição (HDTV)”, diz Rogério Molina, da Samsung.
Outra questão é a durabilidade. Como ambas as tecnologias são relativamente novas, não há absoluta certeza de quanto tempo dura uma TV de plasma ou de LCD.
Mas os fabricantes garantem cerca de 60 mil horas. “As primeiras gerações de telas de plasma tinham uma vida útil muito aquém do desejado. Mas atualmente o patamar de durabilidade de uma TV de 40 a 50 polegadas está na casa de 60 mil horas, enquanto TVs com 60 polegadas duram cerca de 45 mil horas”, diz Fernanda Summa, da LG.
Tanto o plasma como o LCD podem ter pixels mortos (dead pixels), um problema que acontece quando pontos digitais da tela deixam de funcionar. Para verificar se há pontos defeituosos, deve-se analisar a tela com uma imagem totalmente branca ou preta. Um número elevado de pixels mortos prejudica a homogeneidade da imagem exibida.
No caso dos displays de plasma, há ainda o problema de latência de imagem, ou “burn-in”, que acontece quando uma imagem exibida por muito tempo acaba marcando a tela. Para amenizar o problema, os fabricantes desenvolveram novas soluções. “Cada fabricante tem sua versão desse tipo de sistema.
Nas TVs de plasma da LG, usamos a tecnologia Orbiter, que gera uma vibração imperceptível na tela, evitando o problema de burn-in”, afirma Fernanda Summa. Algumas telas de LCD apresentavam rastros na imagem em cenas muito rápidas, os chamados “fantasmas”.
“Isso acontecia porque o tempo de resposta das telas de LCD era de 50 milissegundos. Hoje, está em torno de 8 milissegundos”, afirma Molina, da Samsung.
____________________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
Plasma ou LCD? Escolha sua nova TV!
12/06/2006
Julio Preuss
Se não restam dúvidas de que o sonho de consumo do momento são as TVs gigantes e esbeltas que todos querem pendurar na parede da sala para ver a Copa, a grande pergunta passa a ser qual delas comprar. A questão principal, quase existencial, é: plasma ou LCD? Você sabe as diferenças entre uma e outra tecnologia de telas? Não se preocupe – o WNews explica!
Para começar, um pouco de história. A maioria das pessoas acha que as telas de plasma são mais modernas. De fato, mas a diferença é bem menor do que se imagina, e ambas as tecnologias são conhecidas há tempos. Segundo a Wikipedia, o primeiro LCD operacional data de 1963, enquanto o plasma foi inventado um ano depois, em 1964 – mas a primeira TV baseada na tecnologia é bem mais recente, de 1997.
Qual é a diferença?
Tecnicamente, a diferença fundamental entre os dois tipos de tela é que as de plasma emitem luz individualmente em cada ponto da tela, graças a “células” de gás neon e xenônio, enquanto o brilho de uma TV de LCD depende do famoso “backlight”, uma fonte de iluminação posicionada atrás da tela e que consome mais energia que o próprio painel. Quem tem um Palm ou equivalente sabe o que é isso: sem o backlight, o LCD torna-se bem difícil de enxergar.
Em ambos os casos, cada pontinho da tela, ou pixel (contração de picture element, como nas fotos digitais), é composto por três “subpixels” agrupados: um vermelho, um verde e um azul, as componentes do sistema RGB (red, green, blue). Nos LCDs, o cristal líquido que lhe dá o nome (LCD=Liquid Crystal Display) controla a passagem de luz – ambiente, nos reflexivos, do backlight, nos transmissivos, e ambas, nos transflectivos – em cada um dos subpixels.
Tá, entendi, mas em qual eu coloco meu dinheiro?
Depende. No estado atual de desenvolvimento, cada tecnologia tem prós e contras bem definidos. A começar pelo preço, que nas telas maiores está bem mais favorável aos plasmas do que aos LCDs. É só pesquisar nos anúncios: um LCD de 32 polegadas custa mais ou menos o mesmo que um plasma de 42. É que, tradicionalmente, a produção de LCDs grandes provoca muito desperdício – mas a diferença está diminuindo aos poucos. Se você fizer questão de uma tela de mais de 45 polegadas, melhor esquecer o LCD por enquanto.
Por outro lado, se esquecermos o custo inicial, o LCD pode ser mais econômico a longo prazo. Primeiro, porque consome menos energia do que o plasma – a diferença entre um LCD de 40 polegadas e um plasma de 42 pode chegar a 26%, segundo testes realizados pelo site especializado Call for Help. O curioso é que a diferença varia de acordo com a imagem, pois o LCD tem consumo constante enquanto o plasma gasta mais para exibir cenas claras do que para as escuras.
Mas o mais grave nem é isso: o plasma tem manutenção mais cara e está sujeito ao temido efeito “burn-in”, que pode “queimar” na tela imagens estáticas exibidas por muito tempo, como as logomarcas das emissoras de TV ou a interface gráfica dos games, para quem joga na TV. Os plasmas mais novos têm recursos para reduzir o problema, seja deslocando levemente essas imagens de tempos em tempos ou acionando freqüentemente um protetor de tela, seja por meio de um comando que pinta a tela toda de cores sólidas para “limpar” as sujeiras deixadas pela programação normal.
Qualidade da imagem também divide opiniões
O plasma recupera a vantagem no quesito ângulo de visão. Como sabe qualquer um que já tenha tentado bisbilhotar o trabalho de um companheiro de viagem de avião no notebook dele, olhar para uma tela de LCD em diagonal não dá resultados muito bons. Para um monitor de computador isso não importa tanto, pois costumamos estar diretamente à frente dele. Já numa TV, que deve ser vista por gente nas duas pontas do sofá, isso pode se tornar um problema. Os LCDs modernos melhoraram muito, mas é bom conferir o ângulo de visão nas especificações ou numa loja antes de comprar.
Os plasmas também saem na frente no contraste (apesar de os números divulgados por alguns fabricantes serem altamente questionáveis, às vezes medidos sem a camada frontal de vidro da televisão) e produzem pretos mais pretos que os do LCD, meio acinzentados. Os LCDs costumam ter mais brilho que os plasmas, tornando-se mais adequados para ambientes muito claros, mas de modo geral, a reprodução de cores dos plasmas é mais ampla e precisa.
Já quando o assunto é resolução, a definição das imagens na tela, a vantagem passa para os LCDs. Sua tecnologia, a mesma dos monitores de computador (os fininhos, claro), é capaz de exibir muito mais pontinhos e com maior precisão. Em parte por conta disso, as TVs de LCD atualmente disponíveis são quase todas prontas para a televisão de alta-definição (HDTV), enquanto os plasmas mais baratos, por mais que se digam “preparados para HDTV” não são capazes de atingir a resolução que as transmissões do futuro prevêem. Em muitos casos, “preparados” significa apenas que conseguirão converter os sinais de HDTV para a resolução (inferior) que conseguem exibir. E você não vai querer trocar de TV de novo antes da próxima Copa, vai?
E os projetores, valem a pena?
Estes correm por fora da briga entre plasma e LCD e, de um componente caro de hometheaters de luxo, tornaram-se a opção mais barata para quem quer uma imagem gigante na parede da sala. Com preços abaixo de R$ 3 mil para os modelos mais simples, ganham disparado das TVs de pendurar na parede e são capazes de projetar imagens de mais de cem polegadas.
O problema é que, à exceção do modelos mais caros, sua luminosidade é insuficiente para produzir uma boa imagem em uma sala iluminada. Com jogos no meio do dia e à tarde, o projetor só fará sentido se você puder bloquear totalmente a entrada de luz por janelas e portas e tiver um sistema de refrigeração que não faça a torcida (ou o projetor, que esquenta bastante) morrer de calor.
Um projetor também não funciona como TV sem ajuda externa, pois não possui sintonizador e raramente tem alto-falantes decentes. Assim, ele deve, obrigatoriamente, ser ligado ao receptor de TV por assinatura (ou ao aparelho de DVD, caso você odeie futebol e vá passar a Copa inteira vendo filmes) e a um receiver de hometheater com suas próprias caixas de som.
Por fim, a durabilidade de um projetor é bem menor que a de uma TV. Plasmas e LCDs têm vida útil estimada em 50 a 60 mil horas (décadas, para quem usa a TV por algumas horas por dia), sendo que o plasma já terá perdido metade da luminosidade quando chegar a esse ponto. No projetor, a lâmpada deve ser substituída geralmente a cada 3 mil horas – como ela custa um terço do preço do aparelho, não é uma boa escolha para quem deixa a “TV” ligada o dia inteiro.
_____________________________________________________________________________________________
11/05/2006 19:04
LCD ou plasma, o que é melhor para a sua próxima TV?
Afora o preço, a TV de plasma não é a mais adequada para qualquer consumidor. Varia pelo uso: para games, TV aberta e computador não é o melhor. Para Copa do Mundo depende.
Por Paulo Rebêlo, com Folha de Pernambuco.
A televisão comum recebe o sinal analógico das transmissoras e a imagem é escalonada no chamado formato padrão 4:3, que significa 4 de largura por 3 de altura. A televisão de plasma é digital e trabalha com o formato usado no cinema e em filmes de DVD. É o chamado widescreen, de medida 16:9 ou 16:10, um retângulo.
Se você assistir canais abertos, como novelas ou os programas locais, a imagem será 4:3 que, se for esticada para os 16:9 da sua tela de plasma, irá gerar uma distorção perceptível na imagem. Mesmo na TV por assinatura, a maioria dos canais são exibidos em 4:3. E qual seria a solução? O jeito é assistir em 4:3 na tela de plasma, o que irá gerar duas tarjas pretas, grandes, nas laterais da tela − justamente a porção de imagem que não está sendo utilizada. Ocorre que a solução é um problema ainda maior, porque se as tarjas pretas ficarem por horas seguidas, elas irão manchar o plasma, causando o efeito burn-in. Para 100% de satisfação, só mesmo os filmes em DVD em widescreen, que encham a tela.
Segundo a gerente de produtos da LG, Fernanda Summa, o recomendado pela empresa é que “ninguém assista nada com tarjas pretas por mais de uma hora na TV de plasma, pois além desse tempo a tela pode realmente ficar marcada pelo burn-in”. Ou seja, nada de três novelas seguidas para os noveleiros de plantão. (Veja mais: Vai comprar TV de plasma? Cuidado com o burn-in..)
O comerciante Marco Antônio de Sousa foi um dos que quase viram o investimento na TV de plasma ir pelo ralo. “Como eu estava acostumado com a imagem 4:3, optei por assistir programas com as tarjas pretas, mas não sabia dos problemas de burn-in. Depois de um tempo, a tela estava praticamente toda manchada, uma coloração diferente que tornou-se gritante até quando fui assistir filmes em DVD”, explica Sousa, que depois de meses entre assistência técnica e fabricantes, conseguiu trocar a TV.
Sousa complementa: “é engraçado, porque o próprio manual indicava que poderia ocorrer manchas permanentes na tela em caso de imagens paradas (estáticas), mas era completamente omisso em relação às tarjas pretas, que é um recurso oferecido pela própria TV. Ou seja, um recurso da própria TV danifica a tela”, lamenta. O modelo em questão era um Philips e, de acordo com Sousa, a fabricante trocou o televisor em pouco tempo e o atendeu muito bem. Procurada pela reportagem para comentar sobre os efeitos de burn-in, a Philips informou que nenhum porta-voz da empresa estava disponível.
Games na tela grande também prejudicam
Jogar videogame em uma TV de plasma é outra tentação, sobretudo com os consoles novos como Xbox e Playstation 2. Com a celeuma gerada pelas manchas na tela, as desenvolvedoras de jogos começam a repensar o costume de exibir marcas estáticas. Por exemplo, em jogos de tiro, a interface (chamada de HUD) com os detalhes sobre energia, munições e mapas, fica parada o tempo todo. Resultado: após algumas horas de tiros e explosões, a TV de plasma corre o sério risco de ficar marcada.
De acordo com o ex-designer de conceitos da Acclaim Studios, Greg Wilson, os HUDs são uma verdadeira praga nas TVs de plasma. “Cientes da situação, os desenvolvedores tentam reverter o quadro melhorando a jogabilidade, de uma forma tal que o jogador não precisa de imagens estáticas com informações sobre o jogo”, antecipa. Wilson enumera o exemplo do game King Kong, baseado no filme de 2005 de Peter Jackson, onde não há qualquer imagem estática.
“No Call of Duty 2, a situação não é 100% boa, mas os produtores melhoraram bastante e diminuíram a quantidade de informações no HUD”, explica. Ele ainda deixa a dica: em vários jogos de tiro, como Doom 3, Quake 4 e outros, existe a opção de eliminar o HUD por conta própria, indo nas configurações. Apenas não é o padrão, o usuário tem que configurar”.
LCD ou plasma, o que é melhor?
Uma outra opção disponível no mercado são as telas de cristal líquido, o LCD. O especialista em tecnologia da informação e criador do iBuscas, Eduardo Favaretto, explica a diferença entre as duas: “a principal diferença é formação da imagem e a resolução, que no LCD varia de 1024x768 a 1920x1080 pixels, associada a um baixo consumo de energia.
A tela de LCD é mais usada atualmente para dispositivos pequenos, como displays de celulares, equipamentos de som para carros e monitores de computador, além de TVs abaixo de 42 polegadas”, explica.
O LCD também apresenta problemas, que são menos graves. Em imagens muito rápidas, às vezes é possível identificar rastros na tela, o chamado efeito fantasma ou “ghost”. Esses rastros são instantâneos, não mancham e não queimam a tela, mas incomodam bastante. Isso ocorre, também, porque o sinal é analógico.
Para uso em computador, o problema é facilmente solucionado ao comprar um cabo digital de conexão entre o monitor o PC, chamado de cabo DVI, o que acaba com o efeito fantasma e melhora consideravelmente a qualidade da imagem. Mas não funciona em televisão. Entre as desvantagens do LCD, é que a relação brilho/contraste não é tão vibrante quanto o plasma.
Futebol 100% digital só em São Paulo
Se a Copa do Mundo é o referencial para comprar uma TV de plasma, é bom ficar sabendo que somente na cidade de São Paulo haverá transmissão 100% digital com todos os recursos disponíveis. Uma parceria da TVA Digital e da BandSports irá transmitir os jogos em alta definição (HDTV), com resolução de 1080 linhas. As TVs comuns e o sinal analógico, por exemplo, transmitem com apenas 400 linhas. O serviço deve começar a ser implementado no Rio de Janeiro no final deste ano, em Curitiba no ano de 2007 e sem a menor previsão para as demais áreas.
Para quem está fora de São Paulo, algumas operadoras como Sky e DirecTV vão oferecer planos para transmitir os jogos em widescreen 16:9 e, eventualmente, com som digital − mas até agora não há um padrão nas empresas para todo o Brasil. Quem for assistir aos jogos da Copa pelos canais abertos ou pela TV por assinatura que transmita em sinal analógico, que são a maioria, não terão a melhor imagem no plasma e irão sofrer os mesmos riscos mencionados na reportagem, de manchas na tela e distorção das imagens. No Recife e em outros estados brasileiros, algumas operadoras oferecem pacotes com a Rede Globo no formato digital, por um custo adicional.
Prós e contras da TV de plasma
Prós:
- cores mais vibrantes
- ângulo de visão mais amplo
- contraste aprimorado, melhor do que telas LCD
- tamanhos de tela a partir de 42 polegadas, modelos de até 103 polegadas
- ideal para DVDs e sinal digital em widescreen 16:9
Contras:
- alto consumo de energia
- ao ficar muito próximo da tela, é gerado um efeito flicker que cansa a vista mais rápido
- imagens estáticas e tarjas pretas nas laterais queimam a tela
- para ser usado como monitor no PC, é inferior ao LCD por conta da resolução em pixels.
- possui mais reflexo do que o LCD, deixando a tela "espelhada" se houver incidência de luz direta (janela aberta, por exemplo), fenômeno também conhecido em monitores CRT. [Webinsider]
--------------------
Seagull Posted: Jul 4 2006, 01:40 PM  
Group: Member
Posts: 3,057
Member No.: 5
Joined: 9-January 06
05/12/2005
Imagem superdefinida nem sempre é realidade
Ao entrar numa loja de eletroeletrônicos, é difícil não se impressionar com as imagens delirantemente coloridas exibidas pelas TVs de plasma ou de LCD. São imagens de alta qualidade de DVDs, cuidadosamente selecionadas para ressaltar a qualidade visual dessas TVs.
Mas é comum o espectador ficar desapontado ao assistir a programas de TV comuns em telas de dimensões maiores: as imagens ficam pouco nítidas, granuladas, como acontece com uma foto digital de baixa resolução ao ser ampliada.
Isso acontece porque a TV brasileira ainda não está preparada para gerar sinais digitais em alta resolução. O governo brasileiro prometeu definir qual será o padrão de TV digital a ser adotado no País em fevereiro de 2006, mas o período de transição deverá ser longo.
Enquanto não houver transmissão em alta definição (HDTV), as TVs com telas grandes e boa definição só mostrarão todo o seu potencial na hora de assistir a DVDs.
Outro problema é que, como as telas são “widescreen” (seguem a proporção 16:9, na relação largura:altura), a imagem da TV aberta na proporção 4:3 aparece deformada ou com cortes. Ou pode ser vista no formato original, com tarjas pretas dos lados. Pouca gente pensa nisso na hora de comprar, mas estranha bastante depois.
Quem está levando uma TV com a esperança de ser um dos usuários pioneiros da TV digital de alta definição no Brasil, deve prestar atenção na hora de comprar o aparelho. As telas com pelo menos 720 linhas horizontais são as mais adequadas, mas custam mais caro. Equipamentos com 480 linhas horizontais também poderão receber os sinais digitais, mas a qualidade será um pouco inferior.
-------------------
Seagull Posted: Jul 4 2006, 01:50 PM  
Group: Member
Posts: 3,057
Member No.: 5
Joined: 9-January 06
Tecnologia dará flexibilidade a emissoras, que poderão transmitir com qualidade igual ou melhor que a do DVD
03/07/2006
Maurício Moraes e Silva
Não é exagero dizer que a TV aberta brasileira mudará totalmente quando estiver no ar o sinal digital. Além de transmitir programas em alta definição – com uma qualidade superior à do DVD – e formato widescreen, similar ao das telas de cinema, as emissoras passarão a oferecer conteúdos interativos. Também poderão exibir um maior número de atrações no mesmo horário. O conteúdo dos canais vai mudar e o interior dos aparelhos de TV, também.
Em dez anos, quando a transição para o novo modelo estiver completada, a telinha que você vê hoje na sua sala parecerá uma peça de museu. E isso não vale apenas para os tradicionais aparelhos de tubo. Mesmo os modernos modelos com telas de plasma e cristal líquido (LCD) vão ficar desatualizados. Vá com calma, não precisa se desfazer de nada ainda. Num primeiro momento, sua TV poderá ser acoplada a um conversor. Depois, você poderá decidir se valerá a pena trocá-la por outra.
O sinal digital deve começar a ser transmitido até o início de 2008, nas capitais e no Distrito Federal. Ao que tudo indica, o carro-chefe da estréia do sistema no Brasil será a alta definição (HDTV). Para aproveitar esse tipo de transmissão, que tem 1.080 linhas de resolução e formato widescreen (16:9), só mesmo com uma TV ultramoderna. As emissoras também vão poder optar por exibir seus programas com definição standard (SDTV), de 480 linhas, uma qualidade bastante semelhante à de um DVD.
Nos dois casos, o som poderá ser surround 5.1 e envolver o espectador que tiver um home theater. “A imagem não terá chuvisco, ruído ou fantasmas”, destaca o professor Gunnar Bedicks Jr., da Universidade Mackenzie, um dos pesquisadores envolvidos na criação do sistema de TV digital brasileiro. Já o sinal analógico, disponível hoje no País, está sujeito a uma série de interferências.
Enquanto algumas emissoras vão apostar em HDTV, outras poderão transmitir, ao mesmo tempo, quatro programas diferentes em SDTV. “Acho que o modelo vai ser flexível”, prevê o professor Guido Lemos, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), também envolvido nas pesquisas do sistema digital. A multiprogramação será possível porque a SDTV ocupa menos “espaço” no sinal do que a HDTV. Isso permitirá escolher, por exemplo, entre um telejornal, um programa de auditório, um filme ou um documentário sem mudar de emissora.
OPÇÕES À MÃO
A interatividade ficará para uma segunda etapa. Com o controle remoto, será possível participar de votações e enquetes ao vivo, consultar a programação ou até mesmo descobrir o posto de vacinação mais próximo da sua casa. Por conta disso, em vez de ficar sentado no sofá apenas recebendo as informações que vêm da tela, cada telespectador passará a ter um papel mais atuante.
O conteúdo interativo chegará pelo ar, “empacotado” com o áudio e o vídeo. Os terminais de acesso – aparelhos que fazem a conversão – ou as TVs com tecnologia digital incorporada saberão interpretar as informações e mostrá-las na tela. Para que os comandos teclados no controle remoto voltem à emissora, o governo terá de definir um “canal de retorno”. Em vários países onde a TV digital já existe, a opção mais comum é conectar os equipamentos a uma linha de telefone fixo e transmitir os dados por lá.
Dentro do sinal digital também haverá espaço para uma transmissão de qualidade mais baixa, destinada à exibição em telefones celulares e em outros aparelhos portáteis de tela pequena, como computadores de mão. Você poderá ir de um ponto a outro da cidade sem perder o seu programa favorito e não precisará pagar nada por isso. Essa será uma das características aproveitada do padrão japonês.
Por trás de muitas outras, porém, estarão os estudos feitos no País, que envolveram 79 instituições e cerca de 1.300 pesquisadores. Isso explica por que o modelo tem sido chamado de nipo-brasileiro. “Como raras vezes na história do Brasil, teremos a oportunidade de incluir nossas inovações”, destaca o professor Marcelo Zuffo, coordenador do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI) da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). “Não vamos depender de fora.”

28/11/2003 10:49
De: WAGNER
IP: 200.151.29.203-

Re: Re: Re: Placa Studio DC 10

Caro Roberto.
  Os Softs para Dc10 plus são os seguintes:
 1- Pinnacle 8.6
 2- Hollywood FX for Pinnacle Plus (Desbloqueador da marca Pinnacle)
 3- Hollywood FX Professional (Desbloqueador da marca Pinnacle)
        Para você R$ 50,00  
                Um abraço.
08/06/2004 09:01
De: Ricardo
IP: 200.225.194.49-200.170.144.169

Placa Captura Video PlayTV HD

comprei a placa. o intuito principal de tal aquisição foi de converter fitas de VHS em VCD e ganhar um dinheiro a parte, ja q o meu ganho é pouco e tenho economizado o dinheiro do almoço para compra-la, coitado dos meus dois filhinhos q nao usufruiram de algumas regalias em 2 meses.

pois bem, depois dessa introdução, custei chegar em casa ontem depois do serviço para pegar a placa e instalar na minna makina. agora imagina minha frustação em ver q ela nao funcionou....

vamos ao caso.
1 - ontem fiz questão de perder a garantia da minha makina, pois perdi o lacre da tampa trazeira para instalar a placa de captura, ( pois minha makina é nova. com 6 meses de uso - ainda nem acabei de pagar - hehe ).
2 - li o manual q acompanha ela e coloquei a placa conforme o especificado, sem problema nenhum. liguei a makina e conforme o windows XP, ela reconheceu a placa. fiz todos os procedimentos de instalãção descritos no manual.
3 - Instalei os programas q vieram no CD.
4 - liquei os cabos atraz de FM e TV a Cabo. e controle remoto 5 - so q ao iniciar o programa de TV / Radio, nao aparece nada. ( quero ressaltar e TV a cabo funciona perfeitamente, pois uso na minha TV ).
   Aconteceu o seguinte:
   5.1 - FM
       - Ao iniciar o programa de FM nao se escuta nada. quando pede-se para fazer varredura de sinais, no começo da frequencia aparece o SBT, isso mesmo, escutei o programa do ratinho pelo radio. ai percorre todo o dial e no final, escuta-se uma emissora em frances. aki na minha cidade tem mais de 15 emissoras de radio FM, nenhuma delas eu escutei.
   5.2 - TV
       - Ao iniciar o programa de TV, inicialmente fica uma tela AZUL, e nada acontece. clicando no botao de TV, eu consigo varrer todos os canais de cabo ( total de 45 ), mas so q nao aparece nada continua a tela azul. e sem sinal de som.
6 - mexi, mexi e nada. era aproximadamente 11:30 e resolvi formatar minha makina, na esperança de ser conflito de software, pois bem, era por volta de 1:00 da manha, depois da mulher ter enchido a paciencia, foi q acabei de instalar o XP. e a primeira coisa q fiz foi instalar a placa e todos os programas q vieram no CD, ( Drives da placa, DirectX9, nVidia ). e nada de aparece nada.
7 - hoje acordei 6:00 da manha e nada de acontecer aparecer alguma coisa.

tirando o meu sono. gostaria de saber como vcs poderiam me ajudar. vc tem passado por isso? algum cliente de vcs passaram por isso? sabe como poderei fazer? isso é normal? por favor me ajudem, a minha anciedade pela placa ta virando angustia por nao ve-la funcionar e pelo tempo perdido em começar a fazer um por fora...

desculpe o texto enorme, mas queria expressar o q fiz para fazê-la funcionar.

obrigado.

minha máquina:
- Atlhon XP 2.2
- HD 40GB
- 512 Ram
- Placa de Video GForce4  64
- Windows XP.
- Placa de captura de Video q ainda nao consegui funcionar...
Seu IP: 3.92.28.84 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)